“Canções para revoluções”, hoje, em Lisboa

24 Apr 2017
voltar atrás

24 Abril 2017

Promoção espectáculo "Canções para Revoluções" (EGEAC)

Promoção espectáculo “Canções para Revoluções” (EGEAC)


Canções que nasceram em contexto de ditadura, de conflitos, que são de intervenção e de protesto, vão ser interpretadas pela Orquestra Metropolitana de Lisboa, pelo Coro Sinfónico Lisboa Cantat e por vários convidados, hoje, em Lisboa.
O espectáculo acontece no Terreiro do Paço e tem por objectivo assinalar o aniversário da revolução de 25 de Abril de 1974, mas também se insere no programa de Lisboa – Capital Ibero-Americana de Cultura.
No concerto serão interpretadas 26 músicas ibero-americanas que abrangem praticamente todo o século XX, testemunhos de convulsões sociais e instrumentos de resistência em países como Cuba, Chile, Argentina, Portugal, México e Espanha.
O espectáculo envolverá cerca de 150 músicos e instrumentistas. Além da Orquestra Metropolitana de Lisboa e do Lisboa Cantat, estarão presentes António Zambujo, Vitorino, Lura, Silvia Perez Cruz, a soprano Marina Pacheco e o tenor Mário Alves, e os instrumentistas Pedor Jóia, Alexandre Frazão e Norton Daiello.
“Canções para Revoluções” foi criado a convite da Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGAC) no âmbito de Lisboa – Capital Ibero-Americana de Cultura e do programa “Abril em Lisboa”, organizado para lembrar os valores e as conquistas da “Revolução dos Cravos”.
TH 2017

Imprimir artigo | E-mail

Link para esta publicação:



Voltar ao topo